Reunião define mudanças no uso do Terminal Hidroviário da Baía de Camamu durante reforma

Em reunião na Secretaria Municipal do Turismo e Meio Ambiente, na última segunda-feira (21), a prefeitura de Camamu discutiu com donos de embarcações algumas mudanças que deverão acontecer no Cais da Orla da Cidade Baixa, em função das obras de requalificação do terminal.

Com a presença da Secretária de Viação, Obras e Serviços Públicos, Magnólia Vasconcelos, do Secretário Cássio Silva, equipes de obras, representantes de embarcações, e equipe de tributos da prefeitura, foram definidas mudanças no embarque e desembarque de passageiros destas embarcações, enquanto durar o período de obras no local.

A partir de agora, todas as embarcações não poderão mais atracar no píer flutuante do receptivo, uma vez que operários estarão utilizando máquinas e equipamentos que dependem de energia elétrica ou até mesmo combustível para funcionar, o que pode causar riscos para os usuários e as próprias embarcações.

Ficou determinado que a área seja utilizada apenas para embarque e desembarque e após esse procedimento as embarcações fiquem atracadas em local afastado do píer, a fim de se evitar acidentes.

As medidas visam agilizar os trabalhos de recuperação do receptivo que será transformado no Terminal Hidroviário da Baía de Camamu. A mais importante via de acesso de turistas e usuários que chegam para conhecer os destinos turísticos, bem como melhorar a circulação de mercadorias entre Camamu e as ilhas da Península de Maraú.