Camamu sedia Feira Agroecológica das Mulheres Contra a Violência

Camamu está sediando, nesta sexta-feira (19), a 7ª Feira Agroecológica das Mulheres contra a Violência, com toda a sua estrutura montada na Praça do Fórum.

O evento, que conta com o apoio da Prefeitura de Camamu, reúne cerca de 300 mulheres agricultoras, assentadas, quilombolas, marisqueiras e pescadoras dos territórios do Sul, Baixo Sul e Vale de Jequiriçá, com o objetivo de mobilizar a sociedade local para a importância do enfrentamento da violência contra a mulher.

A feira começou às seis da manhã, e ao longo de todo o dia, seguirá com a comercialização de alimentos agroecológicos, produzidos de forma saudável pelas mulheres, como frutas, verduras, legumes, hortaliças, plantas medicinais, doces, geleias, compotas, balas, geladinhos, beiju, sucos, bolos.

Prefeita Ioná Queiroz participa da 7ª Feira Agroecológica das Mulheres contra a Violência

A prefeita Ioná Queiroz prestigiou a feira visitando as barracas de produtos da agricultura familiar e ainda aproveitou para fazer compras de frutas legumes e verduras. Convidada a falar com as produtoras, Ioná destacou a coragem, a garra e a determinação das mulheres que estão fazendo a diferença no campo, promovendo a agricultura e gerando renda para suas famílias.

AÇÃO DE SAÚDE

A Secretaria Municipal da Saúde participa da feira com atendimentos de aferição de pressão, glicemia, distribuição de preservativos e orientações para todas as mulheres participantes do evento.

 

A programação inclui ainda uma série de atividades culturais, mesas e debates sobre o tema da Violência contra a Mulher, oficinas, recreação para as crianças e artesanato. A iniciativa integra um processo amplo de ações voltadas para o empoderamento das mulheres agricultoras, com inclusão sócioprodutiva e enfrentamento da violência, que vem aumentando nos últimos anos, no Território do Baixo Sul da Bahia, tanto no campo como na cidade.

O evento possibilita um dia inteiro de trocas sabores, saberes e experiências entre grupos de mulheres do campo e a população da cidade.